segunda-feira, março 19, 2012

Aprendendo com SÃO JOSĖ

É fascinante como as mensagens do universo nos encontram, quando estamos abertos a recebê-las.
Hoje foi assim. No dia de SÃO JOSÉ aprendi sábias lições com ele.
O santo protetor dos trabalhadores, da família e dos artesãos, quis o destino que se tornasse também um padroeiro da minha história profissional mais recente.
Como todos os seus devotos, fiz promessa e sorteio de frutas. SÃO JOSÉ me foi genoroso. Troquei um pedido de graça, por um ano sem comer cajá. Com esse sorteio, de um jeito quase natural, aprendi que nem sempre precisamos de grandes privações, mas sim de merecimento pra realizar nossos projetos. E de certa forma, sinto que ele sabe que pode esperar isso de mim.
No fim do dia, mais uma lição imensa: ao receber uma notícia totalmente inesperada, antes de questionar furiosa o porque daquilo, lembrei da história pessoal de SÃO JOSÉ. Ao ser comunicado de que sua esposa MARIA, seria mãe do filho de DEUS, em vez de revoltar-se, SÃO JOSÉ acolheu a notícia, aceitou a informação que recebeu e foi brilhante em sua missão!
De vez em quando, precisamos dessa fé. Da certeza calma e lúcida em nosso coração de que existe um plano maior que faz tudo fazer sentido em nossas vidas.
Cabe a nós, carpinteiros dos nossos sonhos, trabalhar muito, mas também saber reconhecer quando as dádivas nos chegam camufladas de notícias inesperadas.

6 comentários:

Evandra Santana disse...

Oi Nádia, sempre acompanhava o "nadiadeclarar", mais fazia um tempo que você nao escrevia mais; Adorei que voltou..bjos e parabéns pelo seu trabalho, saudades!

Anatália Nery disse...

Faço as palavras de Evandra Santana, as minhas.

Anatália Nery disse...

Faço as palavras de Evandra Santana, as minhas.

Voz do povo disse...

Nádia o padroeiro de C. dos Dantas é São José e nesta data comemoramos o seu dia, um forte abraço, Carlos do blog Voz do povo, estou seguindo via Google Friend connect.

Anônimo disse...

Ná, tô lendo seu blog..! gracinha demais. Tô te esperando em Minas.. vamos tomar vinho, já tô com saudades. Jam

josivania varela disse...

Olá Nádia! quero te parabeniza pelo seu Blog, adorei a experiencia de fé que você teve ao São José um home de fé e padroeiro dos trabalhadores, umas das historia que comecei a ler e achei bem interessante. abraço