segunda-feira, março 19, 2007

Ontem foi ao ar meu último Profissão Repórter

Durante um ano dividi a tela com gente importante: homens e mulheres de pouca chance, de muita luta.
Guerreiros do tipo que raramente se percebe.
Anônimos que mudaram minha vida.

Estive em lugares que ninguém sonha conhecer.
Dei voz e principalmente os ouvidos a histórias de quem caminha calado.
Caminha bastante.

Fui parcial todas as vezes.
Me envolvi.
Abracei, carinhosamente cada um de meus colegas de filme. Filme que é vida real.

Senti o peso do podão da cana, o medo da bala perdida.
A indignação.
Experimentei o calor de acordar sob a lona de circo rota.
A brisa compadecida do teto de pau a pique.
O gosto do fogareiro de Dona Doca - dona do riso mais puro.
Risada da própria risada.

Revisitei a solidão do cárcere feminino.
Caminhei com vendedores de sonhos... Batedores de balde.
Mascates de terra batida.
Encontrei a saudade e a coragem nos pais que perderam seus filhos. Descobri com eles minha mortalidade.
Ela é borboleta verde.

Fui as ruas, ao agreste, as delegacias...
Vi mulheres sangrando por dentro e por fora.
Ouvi seus agressores.
O apito do enfrentamento. Apito alto, do Morro da Conceição.
Escutei gritos também:
Os de quem briga, no porto por uma vaga na estiva; os de quem não mora, resiste por um lugar na vida - ainda que sem-teto.
Fui testemunha de Edna; dos desenhos de Ingrid, das mangas de Israel, da cura de Isadora.

Não fiz isso sozinha, tive parceiros incríveis!*
Foi um ano intenso. De muito sonho, pouco sono, pouco tempo.
Defendi cada palavra a mim confiada como um tesouro.

Não quero medalha!
Sigo adiante.
Na bagagem vai toda essa gente e a mesma inocência de quem acredita que as grandes histórias só existem dentro do coração das pessoas.

(Gratidão aos incríveis...:
- Caue Angeli, Michael Fox e Emilio Mansur pelo cuidado e capricho com nossas imagens.
- Doniste Araújo pela parceria de ilha nos dias, noites e madrugadas de luta.
- Aos melhores chefes do mundo: Marcel Souto Maior e Caco Barcellos pelas lições e pela oportunidade
- Caio Cavechini - meu companheiro nas buscas mais difíceis – por dividir comigo seu olhar curioso, fantástico; pela cumplicidade, pelas provocações e principalmente por me ajudar a quebrar os meus próprios padrões!)

E viva a nova fase!!!

6 comentários:

Anônimo disse...

adoro muito Ná!

CAUE ANGELI disse...

CARACA.... ME ARREPIEI... FUI LEMBRANDO DE CADA FASE DESSA LUTA.... DE CADA PAUTA.... MEU DEUS.... MUITO BOM MESMO....


BOA SORTE, NESSA NOVA FASE.... E NÃO TENHA MEDO DE NADA.... SEJA SIMPLISMENTE A MELHOR..... E NÃO MAIS UMA.... PARABENS... DE NOVO ...



BEIJÃO

*marcela* disse...

adoro saber que acompanho de perto cada uma dessas suas etapas!! e ainda pretendo continuar acompanhando por muito tempo..

te admiro cada vez mais!!

to torcendo por ti - como sempre! - nessa nova etapa! sei que vc vai fazer um trabalho incrível!!

é muito confortante saber que tem alguem pensando como vc la dentro da maquina.. as mulheres agradecem!

bjo, querida!

Natália Lima disse...

Vc fez um maravilhoso trabalho, menina! Mais uma vez, parabéns!

PAPA LEGUAS disse...

NOVA FASE...
NOVA ETAPA...
NOVA LUTA...
NOVO DESAFIO.
E COMO SEMPRE,VAI SER UM SUCESSO...PAPITO

Lucia disse...

Nossa leio e releio e sinto o pulsar do meu coraçao....a emoçao de ver tao pequena e tao sabia e generosa....tem amor e dedicaçao em tudo o que faz, desde as coisas mais simples ate as mais complicadas e perigosas....Meu corpo vibra com cada conquista e progresso que vejo a cada dia....a cada momento....
O orgulho e a gratidao nao cabem em meu peito...
te amo infinitamente e incondicionalmente
Marmita