domingo, agosto 06, 2006

Parada obrigatória

Quando a gente acelera demais, a vida dá um jeito de obrigar a gente a parar. E... Ontem foi dia.
Bati o carro chegando em casa, fatigada, dormindo ao volante.
Com o susto e o estrago eu devia ter ficado nervosa. Não fiquei.
Uma calma de quem sabe que o mundo não pára por acaso tomou conta de mim.
O tempo segue me atropelando, mas o recado tá dado. Se eu quiser sobreviver a velocidade dos dias é melhor me manter viva, acordada e descansada... Principalmente de noite.

4 comentários:

Carol disse...

Resolvi passar por aqui e...

...

Parada mais do que obrigatoria!
Coisas "chatas" as vezes acontecem justamente para olharmos para nós mesmos e procurar o que não esta "certo"!

O susto passou, você esta bem!
Isso é o que importa!

Se cuida, ve se descansa (as vezes)

Uma ótima semana pra você!!

beijos e muitos beijos

Lucia disse...

Acorda minha quiança adoravel...
Tenho a certeza que voce entendeu o sinal.
beijus

Roberta disse...

ô fia, se cuida! a senhora anda trabalhando muito (olha quem fala né? rs)
bjs!

Anatália Nery (Mô) disse...

Se matenha viva, viu!:)rsrs se não eu vou marre tambem, vc sabe que são suas histórias que me mantem em pé!* uma pessoa como vc faria muita falta para muita jente.
bje****